Tecnologia do blockchain começa a ser usada por empresas

O blockchain, tecnologia que acaba com a intermediação de terceiros nas transações, tem muitas aplicações no mercado.

Todos os envolvidos com o blockchain usam a mesma palavra para descrever essa tecnologia: revolucionária. O blockchain é uma maneira tão diferente de organizar a informação que virou uma ferramenta estratégica para vários setores de negócios.

Também conhecido como protocolo de confiança, o blockchain é uma tecnologia que acaba com a intermediação de terceiros nas transações. Ele funciona como um registro público de testemunhas. Visualmente, podemos dizer que o blockchain é uma sequência, um código.

No blockchain, as “testemunhas” de uma transação, por exemplo, não são pessoas e sim computadores espalhados pelo mundo. A troca ou venda só acontece quando as máquinas que guardam o código confirmam a transação. É uma maneira descentralizada de armazenar e compartilhar informação, sem precisar de intermediário.

O empresário Fernando Steller usa o blockchain para a certificação de documentos transacionais: faturas de cartão de crédito, apólices de seguros. “Eu quero validar se esse documento é da seguradora mesmo, então eu arrasto ele aqui e nesse momento ele começa a fazer a validação dos blocos de blockchain. Para entender, ele puxa essa informação. Então, ele fala ‘blockchain ok’, foi confirmado e registrado na rede. Ele te dá essa assinatura digital”, explica.

Transações financeiras com as criptomoedas, como bitcoin, e a certificação são as duas aplicações mais conhecidas do blockchain. Mas existem outras como garantir a procedência de produtos, roupas, por exemplo. “O consumidor quando chega no varejo e lê o código de barras no celular vê a história daquele produto”, relata Carl Amorim, da Blockchain Research Institute.

Imagine um produtor de cerveja artesanal. Ele pode registrar a receita dele no blockchain como se fosse uma patente. Depois, compartilha a fórmula, para ser produzida em qualquer parte do país.

Cada vez que o arquivo é utilizado, é feita uma cobrança e o dinheiro cai na conta do criador da cerveja. Carl Amorim explica que o que que falta para fazer isso hoje é a tecnologia de atrelar esse aplicativo a uma carteira de pagamento. E se é possível fazer isso com cerveja, pode ser feito com cosmético, com produto de limpeza ou com qualquer coisa.

O blockchain é cheio de possibilidades e para entender o poder dessa tecnologia, é só pensar na revolução que foi a internet.

BLOCKCHAIN RESEARCH INSTITUTE BRASIL
Email: contato@bribrasil.com.br
Redes Sociais: BRI Brasil
www.bribrasil.com.br

DIRECT.ONE
Rua George Ohm, 230, 16º andar, Conjunto 161, Cidade Monções
São Paulo/SP – CEP 04576-020
Telefone: (11) 4765-5200
Email: contato@direct.one
www.direct.one

LUCCANO IMÓVEIS
Estrada de Itapecerica, 2700A
São Paulo/ SP CEP:05835-004
Contato: (11) 4324-5009 / (11) 9 4763-2220
Email: luccano@luccanoimoveis.com.br
www.luccanoimoveis.com.br

Originalmente publicada em  TV Globo – Pequenas Empresas & Grandes Negócios  – 01/07/2018

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

CONTACT US

We're not around right now. But you can send us an email and we'll get back to you, asap.

Enviando

©2019 Blockchain desenvolvido por Blue Bossa

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?