Criptomoeda é só ponta do iceberg, diz especialista

Em entrevista durante a Campus Party, especialista falou sobre os aspectos revolucionários da tecnologia que cria uma nova internet – aquela baseada na confiança da criptografia

SÃO PAULO  –  Em meio ao frenesi do bitcoin, o canadense Don Tapscott, autor de “Blockchain Revolution” e diretor do Blockchain Research Institute -que iniciou suas atividades no Brasil no fim de janeiro-, se apressa em desfazer a confusão entre a tecnologia e as criptomoedas, que considera só uma pequena parte do seu potencial.
Ele diz que a grande oportunidade do blockchain ainda está fora do radar das discussões sobre uma possível bolha de bitcoin e aponta a rastreabilidade de cadeias de produção como o próximo setor a ser modernizado.Montadoras de eletrônicos espalhadas pelo mundo, por exemplo, poderão usar uma rede distribuída e altamente criptografada para rastrear e controlar o caminho de cada peça dos seus aparelhos.”Uma grande rede de supermercados, quando tem algum problema com comida, seria capaz de rastrear de onde veio a carne, qual foi a alimentação daquele animal e detectar o problema na origem, usando blockchain. Acho que esta será a próxima grande coisa.”Blockchain é a tecnologia em que se baseia a bitcoin. É uma espécie de livro-caixa global em que as operações não podem ser apagadas.Em dezembro de 2017, a rede de hipermercados Walmart anunciou uma aliança de segurança alimentar em blockchain, desenhada pela IBM em parceria com a Universidade de Tsinghua, na China, e a rede JD.com, um dos maiores e-commerces daquele país, para compartilhar informações de venda, armazenagem e fornecimento, permitindo o rastreio de produtos alimentícios. O projeto-piloto foi montado para acompanhar o caminho de produtos com carne de porco.

A transportadora dinamarquesa Maersk também já usa o sistema de blockchain da IBM para rastrear a documentação de cargas marítimas da fábrica ao comprador final.
A Foxconn, montadora chinesa responsável por produtos da Apple, também deu seu passo na tecnologia, em março de 2017, criando uma financeira capaz de gerar empréstimos às subsidiárias usando tecnologia blockchain.

Originalmente publicada em  Valor Econômico  – 03/02/2018

0 Comentários

Envie uma Resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

*

CONTACT US

We're not around right now. But you can send us an email and we'll get back to you, asap.

Enviando

©2019 Blockchain desenvolvido por Blue Bossa

Fazer login com suas credenciais

Esqueceu sua senha?